Você está em:

  1. Início
  2. Programação
  3. Eventos

Foram encontrados 180 eventos.

  1. «
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 6
  8. 7
  9. 8
  10. 9
  11. 10
  12. 11
  13. 12
  14. 13
  15. 14
  16. 15
  17. 16
  18. 17
  19. 18
  20. 19
  21. 20
  22. »
  • Cartaz: Pocahontas

    Cinema

    Pocahontas

    Um navio parte da Inglaterra com o objetivo de encontrar o "novo mundo", tendo a bordo o governador Ratcliff (David Ogden Stiers), que está ansioso em encontrar ouro, e o capitão John Smith (Mel Gibson). Ao chegarem, John decide explorar o mundo desconhecido. Logo encontra Pocahontas (Irene Bedard), uma bela índia por quem se apaixona. Só que o povo índio e os ingleses logo entram em guerra, já que estão em disputa pelas terras da América.
  • Cartaz: Frei Galvão - O Arquiteto da Luz

    Cinema

    Frei Galvão - O Arquiteto da Luz

    Uma história de amor e fé. Filme, Frei Galvão o Arquiteto da Luz, produzido em cumprimento de uma promessa, narra a jornada prodigiosa e os milagres de Santo Antonio de Santana Galvão, o primeiro santo brasileiro. Com Madre Helena Maria do Espírito Santo, ele constrói o Mosteiro da Luz em São Paulo. Um documentário dramatizado com depoimentos envolventes, conta a origem das pílulas milagrosas. Apresenta sua formação jesuíta-franciscano e a sua grande devoção a Virgem Maria e a Santa Ana, mãe de Nossa Senhora. A biografia de Frei Galvão, no distante século XVIII, em meio a perseguições políticas à religião em Portugal e no Brasil, com fatos históricos hoje pouco conhecidos. Sua atitude de paz e de fé traça significativo exemplo para a atualidade brasileira. Apresenta perspectivas de mudanças para uma era de Paz e um mundo melhor. Música original de época.
  • Cartaz: O Que Será de Nozes 2

    Cinema

    O Que Será de Nozes 2

    O malvado prefeito de Oakton decide demolir o lugar precioso para construir um perigoso parque de diversões, o esquilo Surly e seu grupo diverso de amigos animais devem se unir para salvar sua casa.
  • Cartaz: Tempo de Despertar

    Cinema

    Tempo de Despertar

    A história do trabalho extraordinário de um médico nos anos 60 com um grupo de pacientes catatônicos de um hospital do Bronx. Especulando que o estado dos pacientes poderia ter sido causado por uma forma extrema do mal de Parkinson, o médico pede permissão a seus superiores para tratá-los com L-dopa, uma droga usada para tratar a doença na época.
  • Cartaz: As cartas de Madre Teresa

    Cinema

    As cartas de Madre Teresa

    Um drama que explora a vida de Madre Teresa através de cartas que ela escreveu ao seu amigo e conselheiro espiritual, Padre Celeste van Exem, ao longo de um período de aproximadamente cinquenta anos.
  • Cartaz: As cartas de Madre Teresa

    Cinema

    As cartas de Madre Teresa

    O filme conta a história de Madre Teresa de Calcutá e o nascimento da ordem religiosa por ela fundada. As dúvidas, os conflitos, a sensação de não mais ouvir a Deus em seu interior, tudo é apresentado em uma série de cartas enviadas ao diretor espiritual, que lê mais tarde para um sacerdote nomeado pelo Vaticano para completar o dossiê de beatificação. .
  • Cartaz: Aparecida: O milagre

    Cinema

    Aparecida: O milagre

    Devoto de Nossa Senhora Aparecida, o menino Marcos (Vinicius Franco) tem uma infância humilde e feliz ao lado dos pais. Contudo, a morte do pai (Rodrigo Veronese) em um acidente na Basílica, que tanto cultuavam provoca uma dupla perda: a do familiar e a fé. Trinta e cinco anos mais tarde, Marcos (Murilo Rosa) é muito ligado à conquistas materiais. Ele é um pai distante e não aceita as escolhas do filho. Após um sério acidente com o jovem, Marcos relembra a fé de seu pai. Sua mãe, Julia (Bete Mendes), revela a misteriosa graça que norteou a vida de toda a família. (Duração: 87 minutos)
  • Cartaz: Moscati, o doutor que virou santo

    Cinema

    Moscati, o doutor que virou santo

    Ana Lídia Oliveira Comunicadora Social Audiovisual . “Moscati, o Doutor que virou Santo” é, certamente, uma obra belíssima, porque instigante e despretensiosa. Baseado na real história do italiano Giuseppe Moscati (1880-1927), médico de Nápoles, professor universitário e pesquisador, o drama católico vai além das fronteiras de uma formação religiosa. Ele entretém e, no decorrer do desenlace, comove e inspira nossa missão enquanto cristãos atuantes em sociedade. . . Desde cedo, responsável e obstinado, Giuseppe tornou-se um médico aos poucos respeitado, e também diferente de todos os outros, pois concentrava todo o seu amor no ser humano. “Não é a ciência, mas a caridade é que transformará o mundo”, ele afirmava. Pelas pessoas, ele se dedicava incondicionalmente, em um amor íntegro: “Quero dar toda a minha força, me dar por inteiro”. . . Os cerca de 200 minutos de filme mostram um homem imerso em seu trabalho. Um santo, mas um santo na profissão. Um médico que fez escolhas durante toda a vida, empregou seu talento em uma obra de Deus, causando revolução por onde passava; que criou laços e foi, tantas vezes, perseguido por aqueles que não acreditavam em seu projeto. . . Ele abriu mão da noiva (linda e rica), da ambição de crescimento profissional (quando deixou passar a oportunidade de se tornar professor universitário), se desfez das lembranças materiais (os bens deixados pelos pais), perdeu a própria saúde. Tudo em prol da fé, e da certeza de que Jesus se revela aos mais necessitados. “Hoje descobri uma coisa: que Jesus vive nos enfermos”, disse. . . Com uma trajetória repleta de percalços, mas também realizações, Moscati encontrou seguidores e revelou a eles o conhecimento que vinha do seu coração: “Não devemos considerar a dor como um espasmo físico. É um irmão pedindo ajuda, devemos ajudá-lo com amor. E, depois, perceberá que pode acalmar a dor com gestos, com conselho, com palavras, com um abraço, não só com uma simples prescrição”, definiu o doutor, que via os pacientes como irmãos que dele esperavam não somente o alívio do corpo, mas também o incentivo espiritual. . . Roteiro bem construído, cenas bem elaboradas, trilha emocionante e demais aspectos técnicos impecáveis fazem de “Moscati, o Doutor que virou Santo” um filme para ser destrinchado visualmente e em tantas lições de vida. A principal delas, para nós cristãos, é a de que ser santo não é algo inalcançável ou reservado a freiras, padres e eremitas de séculos atrás. Também, nos dias de hoje, é possível ser santo. No exercício de uma profissão de grande relevo, pode o cristão santificar-se, tornando-se herói de virtudes. . . Por meio da busca incessante da vontade de Deus, da luta contra o pecado e, acima de tudo, do amor, é possível ficar cada vez mais próximo da perfeição aos olhos do Pai. Por imensa humildade e compaixão, Moscati será para sempre lembrado. . . Beatificado por Paulo VI em 16/11/1975, foi canonizado em 25/10/1987, por ocasião do Sínodo Mundial dos Bispos referente aos Leigos. . . Dia 12 de novembro, você poderá usufruir, no Cineteatro Afipe, desse momento único de reflexão e emoção. (Duração: 200 minutos) .
  • Cartaz: Taego Ãwa

    Cinema

    Taego Ãwa

    ​Na faculdade, uma dupla de cineasta encontrou cinco fitas VHS contendo registros culturais da tribo Ãwa. Reunindo outros materiais, eles partem em busca do grupo, apresentando as imagens pela primeira vez e descobrindo a trajetória de enfrentamento com o povo branco desde 1973. Hoje, os Ãwa lutam pela demarcação e restituição de suas terras. (Duração: 75 minutos)
  1. «
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 6
  8. 7
  9. 8
  10. 9
  11. 10
  12. 11
  13. 12
  14. 13
  15. 14
  16. 15
  17. 16
  18. 17
  19. 18
  20. 19
  21. 20
  22. »