Você está em:

  1. Início
  2. Programação
  3. Eventos
  4. Romaria da Família Pires 2016

Aconteceu Ver todas

Romaria da Família Pires 2016

Entrada: Gratuita

HORÁRIOS

Eliomar Pires Martins, filho da caçula de Manoel Pires de Moraes, junto com os bisnetos de Manoel Pires, Demoril Ferreira Júnior e Alessandro Arantes Ferreira, além de outros membros e amigos da família, como  compromisso de repetir todos os anos, em junho de 2016 deu início ao resgate de uma antiga tradição de Manoel Pires de Moraes e realizou a primeira Romaria dos Pires. São 202 quilômetros, o mesmo percurso que faziam os carreiros da família de Manoel Pires, na Romaria do Divino Pai Eterno. 

O trajeto era da sede da Fazenda Grande ou Comprida, onde vivia, no então município de Paraúna, hoje Acreúna, até a Cidade Santa de Trindade-GO. Naquela época, se fazia o trajeto em carro de boi, já os romeiros contemporâneos pagam a promessa no lombo de mulas, em sete dias de cavalgada,em um verdadeiro ato de coragem, resistência e fé. A cada ano, a Romaria terá um novo capataz, escolhido na anterior, sendo que a de 2017 o escolhido foi Rafael Campos, filho de Higino, neto de Hygino e bisneto de Manoel Pires de Moraes. 

Repetindo a caridade do patriarca Manoel Pires, ao final da Romaria, são entregues na Vila São Cottolengo, alimentos arrecadados entre os familiares. Em 2016 foram entregues um carro de boi com quase duas toneladas de alimentos e a cada ano pretende-se superar o do anterior. A meta é ultrapassar em breve os seis carros de bois que Manoel Pires de Moraes liderou em sua última Romaria, em 1943, um ano antes de morrer.

Esta primeira saga dos Pires virou um filme, com a produção coordenada pela professora Rosana Borges, da Faculdade de Informação e Comunicação da UFG, cujo documentário registra os sete pousos em quatro fazendas e nas cidades de Palmeiras de Goiás e Campestre, onde a comitiva foi recebida pelos proprietário das fazendas e nas cidades pelos prefeitos. 

O documentário mostra o desfile do carro de boi, com seis juntas de bois escoltadas pelos muladeiros,com os alimentos. Mostra também a entrada na Vila São Cottolengo e a entrega dos alimentos na porta da capela da Vila. Além dos depoimentos dos organizadores da Romaria,consta o depoimento de José Paniago, que pagou promessa por ter recebido o milagre do Divino Pai Eterno que o curou de uma paralisia após queda do cavalo em 2013, acidente em que fraturou a terceira vértebra e o deixou quase um ano sem qualquer movimento. Consta ainda os depoimentos dos donos das fazendas ao receber a comitiva, dos prefeitos ao entregar as chaves da cidade aos romeiros e os depoimento do Pe. Edinísio Pereira, reitor da Basílica; e do presidente da Vila São Cottolengo, Pe. José Bento de Oliveira. 


Poster de Romaria da Família Pires 2016

.